Diversidade musical nas rádios brasileiras

O rádio ainda é uma das principais fontes de audição de música no Brasil. Mas quão diversa é a programação? Para responder essa pergunta, a Playax analisou a programação de 3775 emissoras no período de 17 a 24 de junho de 2015.

As rádios foram divididas em níveis de diversidade conforme a quantidade de artistas diferentes que são executados. Aquelas no nível 1 são as mais diversas e as no nível 6 as mais uniformes, conforme mostra o gráfico abaixo:
diversidade

A análise aponta que a maior parte das rádios tem sua programação entre os níveis 3 e 4, equivalente a dizer que, em média, para cada 100 músicas tocadas são executados 54 artistas diferentes.

As rádios com maior diversidade (Nível 1), tocam praticamente um artista diferente a cada música executada e representam um universo de 263 emissoras. No lado oposto (Nível 6), são executados apenas 18 artistas diferentes em cada 100 músicas. Este segmento mais uniforme reúne cerca de 281 estações de rádio.

Categories: Inteligência

1 comment

  • André Rosito

    É uma informação relevante, mas seria interessante uma análise da segmentação, se é uma rádio adulta, popular, pop/rock e etc… Assim teríamos uma análise com maior abrangência. Apenas uma sugestão, interessante pensar se as rádios ditas populares atendem a esta diversidade, as vezes parece que não, tocam-se repetidas vezes os mesmos artistas, nem sempre do mesmo segmento musical.

    Valeu!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *